Boletim Mensal do Instituto. Ano 1, n. 1, abr 2013.

Café Literário no SESC – Com novo e funcional layout, o SESC está oferecendo ao público em geral, o seu tradicional restaurante, e agora uma biblioteca acoplada a um amplo espaço cultural. Entre os projetos, inaugurado em 25 de abril, o Café Literário, com a divulgação e promoção do livro: Rádio – A Voz da História Sul-Mato-Grossense, editado no final de 2012 com o patrocínio do SESC.

Seus autores, Heitor Rodrigues Freire e Vera Tylde de Castro Pinto, Vice-Presidente e Diretora Executiva do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, respectivamente, tiveram a oportunidade de expor a um seleto público presente, como foi o seu trabalho de pesquisa e elaboração do livro, além de autografá-lo no final da reunião.

Prestigiando o evento, o presidente do IHGMS, professor Hildebrando Campestrini, os associados efetivos, Alisolete Weingartner, Paulo Eduardo Cabral, Ledir Pedrosa, Madalena Mereb Greco, Vera Maria Machado Pereira, Samuel Medeiros, além do gerente, Gilson Yamaki.

Entre os ilustres participantes, jornalistas, empresários, membros do Poder Judiciário, Acadêmicos e vários colaboradores do livro como: Sebastião Barbosires, Maria Garcia, Pierre Adri e Fernando Greco.

O SESC através de seu Presidente Edson Araujo, equipe cultural onde participaram diretamente do evento o Assessor de Cultura, Francisco Antônio Alves Araujo e a Analista, Francieli Melina Gadoti, no cerimonial, mais uma vez merecem cumprimentos pela iniciativa.

A promoção do evento sob a responsabilidade da ativista cultural Andréia Freire, contou com cobertura na mídia impressa e virtual, e até com a confecção de um rádio fake, estilo “capelinha”, decorando o ambiente na temática do livro: o resgate da nossa memória recente, sem dúvida, conteúdo essencial para o registro da história sul-mato-grossense em suas várias facetas.

Vida longa para o Café Literário do SESC são os votos dos autores e do IHG-MS.

O Discurso Poético – Ainda na solenidade comemorativa dos 35 anos do IHGMS (06/04), coube ao associado Dr. Francisco Leal de Queiróz, em nome dos agraciados com o titulo de associado emérito, agradecer a homenagem.

E o fez, de forma poética, encantando a todos com a sua consolidada cultura do tribuno que sempre foi, nas lides forenses, na Assembléia Legislativa do Mato Grosso Uno, quando com pouco mais de 20 anos de idade, tinha como companheiros oradores de escol, os deputados: José Fragelli, Manoel de Oliveira Lima, Ruben e Júlio Castro Pinto, entre outros.

O Dr. Leal, encantou seus contemporâneos, surpreendeu os mais jovens e deixou toda a platéia, querendo ouvi-lo mais e mais.

Eis porque transcrevemos na íntegra, sua inspirada retórica que só confirma o ilustre cidadão Sul-mato-grossense, membro da Academia Sul-mato-grossense de Letras, escritor e agora associado emérito do IHGMS, que é por mérito e justiça.

Saudação – “Sou filho das plagas onde a natureza somou à exuberância da terra a divina perfeição da flora, espargindo o inebriante perfume no encalço das pegadas de uma fauna, plena de vida, rica na diversidade, em silêncio eterno, para sentir o marulhar das águas cristalinas construindo sua trilha, contornando poéticos empecilhos, em busca da romântica pousada na imensidão de um mar. A terra, a fauna, a flora e os mananciais abraçados, foram a atração para tantos caminheiros, que vindos de longínquas paragens se abrigassem nesses rincões cravados pelos anjos operários súdito do Criador.

Faço parte desse exército da dominação, conduzido numa canoa de esperança, esperança de plantar por aqui vigorosa civilização, espalhar sementes do trabalho, da fartura, de amores e se alimentar do ar embriagador umedecido com o orvalho das madrugadas que nos expiravam poesia, deleite, com muita transpiração em busca de felicidade.

Essas plagas, hoje, atendem pelo nome de Mato Grosso do Sul; essas plagas respondem pelo nome de Pantanal de Renato Ribeiro; mas também pelo nome de Vacaria de Wilson Barbosa Martins; e, ainda, Bolsão. E somando-se, reluz na tela chamada Campo Grande de José Couto Vieira Pontes.

Toda essa imensidão poderá resumir-se no encanto desta noite, de rara magia, dos homenageados nominados acima, que também me permitem em suas companhias, aos quais muito agradeço e deles serei servo leal.

O Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, armou esta tenda para nela abrigar quarenta associados, cavaleiros da nossa história onde cada qual empresta fatias do seu talento, coordenados pelo nosso incansável guia, Hildebrando Campestrini. Aqui, após cada noite, suas trevas partem permitindo acontecer indecifráveis manhãs e darem curso à eterna dinâmica da vida E os intrépidos cavaleiros aqui homenageados, generosamente agraciados com o honroso título de Eméritos substituem suas flâmulas afim de que novos arqueiros herdem suas lanças, vez que a moenda não pode parar e mais robustecidas inteligências surjam na frenética caminhada proposta”.

Eldorado – Em 24-4-2013, realizou-se a tradicional reunião mensal dos associados do IHGMS, com expressiva participação dos mesmos. Entre as decisões, por unanimidade, a criação de um núcleo regional do IHGMS no município de Eldorado, englobando demais municípios vizinhos. A manifesta vontade política da Prefeita Marta Maria de Araujo foi bastante enfatizada pelos associados, que esperam poder realizar naquela região do estado, com o apoio do Poder Executivo Municipal um eficaz trabalho.

Rádio – A Voz da História Sul-mato-grossense – O vice-presidente Heitor Rodrigues Freire, convida os associados para o evento que terá como fato relevante da programação o relançamento do livro: Rádio – A Voz da História Sul-mato-grossense, de sua autoria em parceria com a Diretora Executiva do IHGMS , Vera Tylde de Castro Pinto, patrocinado pelo SESC . O evento deve ocorrer às 19 horas do dia 25 de abril, no novo espaço do SESC Horto, que conterá além do restaurante, uma biblioteca, à rua Anhanduí n. 200.

Mapoteca – Por ocasião da 8ª Marcha da Retirada realizada pelo IHGMS em parceria com o Comando Militar do Oeste, a associada efetiva Prof.ª Ângela Laurino, mestre em Geografia, enriqueceu o evento, com colaboração inédita no país: a confecção de um mapa, assinalando todo o percurso da Força Expedicionária de Mato Grosso, incluindo a Retirada da Laguna, no território sul-mato-grossense durante a Guerra da Tríplice Aliança. Editado em formato de pôster, tendo no verso um texto explicativo com rigor científico, este trabalho, não só foi distribuído aos participantes e municípios envolvidos, como também foi enviado para escolas e outras instituições interessadas.

A visualização daquela operação militar em formato de mapa contribui para uma nítida importância sobre aquele episódio histórico. Diríamos que se trata de uma colaboração contemporânea, para ainda mais ilustrar o relato de Taunay, inclusive com a correção de alguns equívocos geográficos.

O IHGMS ainda possui exemplares para quem se interessar.

Convênios do FIC – O IHGMS, representado por sua Diretora Executiva Vera Tylde de Castro Pinto, esteve presente na solenidade promovida pelo Governo do Estado e Fundação de Cultura, de assinatura dos Convênios do FIC – Fundo de Investimentos Culturais.

Cerimônia prestigiada por Prefeitos dos Municípios de Corguinho, Coxim, Navirai, Assembléia Legislativa representada pelo Deputado Márcio Fernandes, pessoas físicas e jurídicas beneficiadas pelo FIC, em todo o estado. O Presidente da Fundação de Cultura em seu breve pronunciamento fez uma síntese do projeto, durante a administração do Governador André Puccinelli, que o reativou. Até agora foram cerca de 7 milhões, que financiaram quase 300 beneficiários, autores de obras artísticas e literárias em todo o estado de Mato Grosso do Sul.

Os aprovados pelo FIC, representados pelo professor Gilson Martins, se pronunciaram, enaltecendo a política do governo em promover a cultura.

O Governador André Puccinelli, demonstrava sua satisfação em prestigiar a arte e a cultura regional, cumprimentando todos os ativistas culturais pelo nome, numa manifestação espontânea da importância que outorga ao setor. Sem duvida a solenidade que se iniciou com o hino de Mato Grosso do Sul em solo de harpa, pelo músico paraguaio Ortiz, foi uma bela festa de cidadania.

O IHGMS, foi contemplado pelo FIC, para edição de mais 7 volumes da Série Memória Sul-mato-grossense, cujos autores são: Demóstenes Martins, Rosário Congro, Arlindo de Andrade, Manoel Joaquim de Moraes, Carlos Vândoni de Barros, Kerman José Machado, João Nepomuceno Costa.

Dia do Exército – O vice-presidente Heitor Rodrigues Freire, no da 19 de abril, representou o IHGMS, na solenidade promovida pelo Comando Militar do Oeste comemorativa do Dia do Exército, incluída nas atividades da Semana do Exército, no período de 16 a 23 deste mês.

Na oportunidade, externou o vice-presidente do IHGMS, congratulações ao Comandante Militar do Oeste, General de Exército João Francisco Ferreira, em razão da tradicional e profícua parceria que o Instituto mantém com as Forças Armadas.

Reunião de Trabalho – Em 15/4/2013, a Diretoria do IHGMS, reuniu-se como faz habitualmente todos os meses. Na pauta a avaliação dos eventos comemorativos do 35º aniversário do IHGMS, e a primeira versão tentativa da programação do VIII SEDIMS – Seminário de Desenvolvimento Institucional de Mato Grosso do Sul, que este ano terá como tema o papel da mulher na História de Mato Grosso do Sul.

Conselho Editorial – Também na mesma data, uma outra reunião paralela ocorreu, com membros do Conselho Editorial do IHGMS.

É o Instituto trabalhando em prol da cultura de MS. Em apenas uma tarde de inicio de semana, com ¼ dos associados efetivos em ação voluntária dando prosseguimento a vários projetos.

Dia 24/4/2013 – Será realizado mais uma reunião mensal dos associados a partir das 16:00h. Oportunidade de atualização e troca de idéias sobre os assuntos do IHGMS, e saudável confraternização.

Relatório de atividades de 2012 – Causou impacto na solenidade dos 35 anos do IHGMS, o volume de atividades relatadas, objeto de trabalho do Instituto durante o ano de 2012.